Opinião – Autoridades continuam omissas na restauração e duplicação da BR-364

Opinião – Autoridades continuam omissas na restauração e duplicação da BR-364

Na primeira quinzena de cada mês o Rondoniadinamica cobra das lideranças políticas de Rondônia, de forma mais direta a bancada federal, sobre a situação precária da BR 364. A rodovia federal há tempos precisa de uma restauração na ligação de aproximadamente 700 quilômetros de Porto Velho a Vilhena, na divisa como o Mato Grosso com trechos sem as mínimas condições de tráfego seguro.

A campanha vem sendo realizada pelo jornal eletrônico desde o segundo semestre de 2015. A rodovia é chamada de Corredor da Morte ou Matadouro Humano, devido ao elevado índice de acidentes que ocorre ao longo do trecho citado.

Há que se destacar, que o piso da ligação Porto Velho a Vilhena tem trechos péssimos, ruins sem as mínimas condições de tráfego, mas boa parte dos motoristas, tendo à frente os caminhoneiros abusa das irregularidades favorecendo os acidentes com vítimas fatais. A fiscalização poderia ser melhor, pois além da velocidade abusiva de veículos pesados as ultrapassagens perigosas são comuns ao longo da BR.

A BR 364 foi construída na década de 80, quando não existiam carretas e bitrens, apenas as jamantas, com capacidade de carga 50% menor que os veículos atuais. O piso não tem condições de suportar o peso e o fluxo de veículos infinitamente superior ao período de construção.

O caminho está na restauração total do trecho e a posterior duplicação. Sem o trabalho dos políticos federais (senadores e deputados) as obras necessárias são impossíveis.

O Rondoniadinamica continuará cobrando das autoridades, políticas principalmente, as obras de restauração e duplicação da rodovia mais importante de Rondônia, que responde por boa parte da economia do Estado. É através dela que é transportada a riqueza da produção agrícola, como a soja exportada pelo porto graneleiro de Porto Velho, do gado exportado para outros estados e até para o exterior e da produção agrícola e da pecuária regional.

A restauração e duplicação da BR 364 não é apenas uma questão de segurança a quem por ela transita, mas também a garantia de fortalecimento da economia e da melhoria das condições de vida da população.

Restauração e duplicação já da BR 364.

Opinião – Autoridades continuam omissas na restauração e duplicação da BR-364