Unicef contempla Jaru com selo

Unicef contempla Jaru com selo

Nesta terça, 22, A Unicef contemplou a nossa cidade, Jaru, com a 2ª Edição do Selo Unicef. O prefeito Inaldo recebeu o importante símbolo para o nosso município. Outros 17 município também foram contemplados.

Os selos de melhorias nos indicadores infantis foram entregues no auditório do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Porto Velho. De acordo com a coordenadora do escritório da Unicef no Maranhão, Eliana Almeida, as cidades que ganharam os selos avançaram em melhorias nos indicadores da Infância e do Adolescente.

A coordenadora ressalta quais foram as principais melhorias no Estado.

As principais melhorias nessas cidades foram o aumento de mais de 10% no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), redução de adolescentes grávidas, gestantes tiveram mais acesso ao pré-natal, redução do sub-registro de nascimento e queda de crianças com incompatibilidade entre série e idade.

O selo significa que o município deu prioridade à infância e ao reconhecimento do adolescente. Com isso, melhorias foram trazidas beneficiando as crianças e os adolescentes das cidades envolvidas no projeto independente daquelas que ganharam ou não o selo.

Eliana Almeida, Unicef.

municipio-de-jaru-recebe-selo-do-unicef-por-melhorias-nos-indicadores-infantis-1O prefeito Inaldo após participar do evento, salientou:

Apesar dos poucos recursos disponíveis, estamos ainda ganhando selos de reconhecimento de uma entidade tão séria como a Unicef”.

Inaldo aproveitou para agradecer ao Secretário da Semas Gerson Marceneiro, e a Dra Simone S. Silva por terem este compromisso com Jaru e ainda parabenizou a toda equipe da Semas, Cmdca e Conselho Tutelar.

Os demais municípios que receberam o selo no estado foram:  Cacoal, Cerejeiras, Espigão d’Oeste,  Cujubim, Monte Negro, Pimenteiras do Oeste, Santa Luzia  do Oeste, Buritis, Presidente Médici, São Francisco do Guaporé, Alto Alegre dos Parecis, Corumbiara, Novo Horizonte do Oeste, Parecis, São Miguel do Guaporé, Seringueiras e Vale do Paraíso.

Fonte: Jaru Online